segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Futsuki assume a liderança da Copa XFR

Em mais um etapa muito disputada, o piloto da H2O, Matheus Futsuki, mostrou a sua qualidade como piloto e, com os resultados combinados, assumiu a liderança da Copa XFR - Módulo Amarelo.

A 2ª etapa foi disputada neste Sábado (03/09), no circuito de Westhill, no sentido reverso. O grid foi composto por 16 carros, destacando a excelente qualificação do piloto Amir Moss na 3ª posição. Matheus Futsuki largou em 7º, Cil Bany Borges em 9º e Arthur Soares em 11º. A pista deu trabalho aos pilotos para conciliar velocidade e o controle do alto desgaste dos pneus, característico desta pista.

Após a largada da 1ª bateria, o piloto Amir Moss conseguiu manter um ótimo ritmo mantendo-se junto aos ponteiros, porém por conta de manobras descuidadas dos adversários na pista, este foi lançado para fora da pista, danificando o seu carro e comprometendo a sua participação, finalizando a corrida na 11ª posição. Os pilotos Arthur Soares e Cil Bany Borges foram vitimados por problemas técnicos que os impediram de concluir a bateria. Matheus Futsuki, que corria com o lastro de 60kg, terminou na 3ª posição, mostrando a sua perícia.

Na 2ª bateria, entre os pilotos da H2O, participaram apenas os pilotos Matheus Futsuki e Cil Bany Borges. De acordo com as regras e com o reposicionamento do grid, Matheus Futsuki largou em 4º e Cil Bany Borges, em último, na 14ª posição. Com uma participação cuidadosa, Futsuki conseguiu encontrar um bom ritmo de corrida e chegou na 2ª posição e Cil Bany Borges, apesar dos erros em pista, chegou em 8º lugar.

Com estes resultados, Matheus Futsuki chega à liderança do campeonato - Módulo Amarelo - com 77 pontos, 20 pontos de vantagem para o 2º colocado. O segundo melhor colocado da H2O, Cil Bany Borges, caiu de 5º para 6º na classificação geral, com 34 pontos.

- "Foi uma corrida de sorte, constancia, e luta contra o lastro, eu creio que se eu tivesse andando sem o lastro como meu principal concorrente na etapa, tinha chances grandes de vitoria, mais com meus 60kg estava impossível ter rendimento igual. No mais foi uma corrida calma, com poucos erros, torcendo para que os que estavam na minha frente errassem e levando o carro para casa. A próxima etapa em Kyoto vai ser o "grande desafio" com 80kg de lastro e em um circuito de alta velocidade, fortes freiadas e grandes retomadas. Nos primeiros treinos já percebi que está difícil acompanhar os ponteiros." disse o piloto Matheus Futsuki à equipe de imprensa da H2O.

A próxima etapa será na pista de Kyoto Ring National, no dia 10/09. Os primeiros treinos já começaram e seu layout já tem se mostrado desafiador por conta do seu extenso e complexo traçado.

Translate