domingo, 5 de junho de 2011

H2O MotorSports comemora seu 1º Aniversário

Neste final de semana a H2O||MotorSports comemora 1 ano de existência desde a sua fundação em 05/06/10. E para contar um pouco da trajetória da equipe, resolvemos fazer este tópico abordando alguns fatos ocorridos neste período.

A Idéia

A H2O é resultado de uma série de idéias de seu fundador, Eduardo, que participou de algumas equipes antes da fundação de sua própria equipe e que, durante este trajeto, foi idealizando um novo conceito de equipe de automobilismo virtual.

Na época, assim como ocorre até hoje na categoria Demo do Live for Speed, muitas equipes apareciam e sumiam por não ter uma estrutura e uma administração mais efetiva.

Mas um diferencial que a H2O lançou foi aproximar-se do conceito de equipe oficial, como se fosse real. Por isso, quando a H2O foi fundada, foi criada para a mesma uma estrutura que dava a "cara" da equipe. Foi criado logomarca, padrões e o site oficial da equipe, o que poucas equipes tinham o hábito de ter.

Além disso, a H2O já nasceu com a idéia de parcerias e patrocínios oficiais, como ocorre no automobilismo real. Mas como ainda era uma equipe muito nova, Eduardo fez contato com empresas solicitando autorização formal para utilizar e divulgar marcas de empresas conhecidas em seus carros e no site da equipe. Ou seja, marcas como Bridgestone, Puma (USA), LRA Consultoria, Lotse, Artmix, U|Racer, entre outros que já estiveram nos carros da equipe foram empresas que autorizaram por escrito o uso de suas marcas nos carros da H2O.

Além disso, a H2O sempre teve a parceria da Accelera Tech que hoje hospeda o servidor Demo da equipe, da Hakodesh Design que desenvolve e mantem o site da equipe, além de toda parte de design de logos, banner's e as pinturas dos carros da equipe. Teve também, durante um período, o apoio da Nexus Produções. E hoje conta também com o apoio da MCG Software.

Outro diferencial foi o estabelecimento de regras para acesso à equipe e conduta de pilotos. E para agitar e incentivar os pilotos da equipe, foi criada categorias internas de classificação de equipe: Super, Master, Light e Testes, o que motivava os pilotos a estarem sempre subindo de categoria.

O nome

Mas de onde surgiu o nome H2O? Bem, ao pensar nas possibilidades, Eduardo quis que fosse algo elementar, algo marcante, e que também tivesse algo a ver com a essência espiritual de sua crença em Deus, em Jesus e no Espírito Santo. A Bíblia Sagrada cita por diversas vezes sobre as águas que fluem do trono de Deus, águas que representam a Palavra, etc. Mas chamar a equipe de água ficaria um pouco "simples" demais, então teve-se a idéia de usar a composição química: H2O.

As Pinturas

Sem dúvida, a pintura dos carros de uma equipe de automobilismo, seja ele virtual ou real, é a principal referência da equipe. E neste um ano, a H2O teve 7 pinturas diferentes, mas todas com características semelhantes.

A primeira pintura lançada na fundação da equipe já trazia uma das características que acabou sendo padrão das pinturas da equipe: a faixa dupla no teto e capo. Mas essa pintura durou pouco tempo e pouquíssimos pilotos da época se recordam desta pintura por ter sido logo substituída.

A segunda pintura foi a que deu mais referência à equipe e estabeleceu seu padrão de cores e aparência. A cor predominante era azul, mas que descia para o preto num efeito degradê. Também tinha as faixas no teto, em preto, o que deixou o aspecto do carro agressivo. Além disso, as marcas dos parceiros deu um aspecto "racing" ao carro. Essa foi a pintura que tornou a equipe mais conhecida no Brasil e no exterior, no mundo do Live for Speed.

A terceira pintura trouxe uma inovação para "casar" com o nome da equipe. Tinha o aspecto de gotas espalhadas pelo carro inteiro. E a faixa dupla agora era branca.

A quarta pintura foi uma grande referência para a equipe que agradou muito aos pilotos da época. Tanto que ela voltou a ser pintura oficial depois um tempo. Trazia uma linha branca que dividia o azul e o preto na pintura e contornava o carro inteiro.

A quinta pintura talvez tenha sido a mais polêmica de todos. Foi a pintura que mais dividiu opiniões. Primeiro porque fugiu do padrão azul em que todos estavam acostumados, trazendo um cinza claro e as faixas em azul com efeito de sombra. Também trouxe um grafismo tipo "splash" na parte lateral que se estendia à traseira do carro. A princípio foi aprovada, mas, na pista, não trouxe o efeito esperado e logo foi substituída. Essa pintura também marcou o lançamento da nova logomarca da equipe e, além disso, foi a primeira pintura aplicada nos 3 carros da categoria Demo do LFS.

A sexta pintura voltou com o padrão anterior, porém com faixas que lembram o estilo "tuning" na lateral. E marcou época pois foi a pintura adotada nos primeiros campeonatos oficiais em que a H2O esteve presente. Foi aplicada a muitos carros como RB4, FBM, XRG, XFG, entre outros.

A sétima pintura (atual) foi, sem dúvida, a pintura que mais gerou investimento e testes. Foi desenvolvida 5 meses antes de seu lançamento para que pudesse ser aplicada e testada em todos os carros disponíveis no Live for Speed. A idéia da pintura foi trazer de volta o conceito da 2ª pintura, mas com alguma característica que arremetesse ao nome H2O. O que gerou um excelente resultado e agradou o público em geral. A onda desenhada, somado ao nome da equipe fortaleceu ainda mais a marca da equipe

Os pilotos

É lógico que o primeiro piloto da equipe H2O foi o próprio Eduardo, por isso, ele não conta. Por isso, podemos dizer que o primeiro piloto "contratado" da equipe foi o Malo que gostou da idéia da nova equipe e era na época um piloto muito rápido. E já empolgado com a equipe, trouxe também o seu sogro, o Moss que corre na equipe até hoje e está inclusive participando do Campeonato GT Challenger da GridLFS.

Depois de um certo tempo, mais pilotos foram ingressando na equipe, alguns vindos de outras equipes, outros que nunca tiveram participação de equipe no Live for Speed. Alguns permanecem na equipe como é o caso do Raphinha e do Eron que já estão na equipe há bastante tempo.

Mas algo que se formou desde o princípio e que sempre foi a marca da equipe, foi a parceria e a união entre os pilotos, sempre partilhando informações e até mesmo promovendo corridas e eventos para "juntar" a galera.

As conquistas

A H2O, ao longo deste período sempre procurou se consolidar para ter condições de participar e até mesmo promover competições com outras equipes, pois não havia naquela época liga oficial que abrangesse equipe demo.

Mas todo o trabalho da equipe foi visto e se tornou a primeira equipe demo a ingressar numa liga oficial brasileira, a GridLFS, a maior liga brasileira de LFS do Brasil, o que fazia parte de um projeto da própria liga integrar equipes e promover competições demo. Pouco depois, Eduardo foi convidado a fazer parte da Staff da liga e organizar os eventos demo. Houve, logo em seguida, uma corrida entre as equipes Demo para que todos estivessem familiarizados com contexto de liga e campeonato oficial. Nessa corrida, o piloto Raphinha ficou em 3º, Eduardo em 4º, Rone em 7º e Bany em 8º.

A partir daí, a equipe começou a tomar outra forma, agora mais voltada para eventos oficiais, calendário, etc. Chegou a promover também uma corrida contra a equipe Pro400, vencendo com grande vantagem a equipe adversária.

Pouco depois, a H2O tornou-se uma equipe S2 e na sua primeira participação em um campeonato S2, o piloto Rone Discacciati venceu o campeonato na categoria GT2, o que foi, sem dúvida, uma grande estréia para o piloto e para a equipe.

E ontem tivemos o privilégio de comemorar mais 2 títulos: o piloto Raphinha foi o campeão do Campeonato Demo XF GTi Series da GridLFS e a H2O foi a equipe vencedora.

À toda equipe H2O e seus pilotos: PARABÉNS PELO SEU 1º ANIVERSÁRIO! E que continuem sempre com a essa união, com a garra e o comprometimento que fazem dessa equipe uma grande equipe no automobilismo virtual.

sábado, 4 de junho de 2011

RAPHINHA VENCE O CAMPEONATO DEMO XF GTI SERIES


Numa retomada espetacular, o piloto Raphael Martins que já havia garantido a liderança do Campeonato Demo XF GTi Series da GridLFS, garantiu hoje a vitória no campeonato vencendo novamente as duas baterias. Grande retomada, pois na primeira etapa, o mesmo piloto havia ficado com -2 pontos após não conseguir completar a corrida e ainda tomar uma punição por queimar a linha de saída do pit.

O destaque nesta última bateria que garantiu sua vitória no campeonato, foi a ultrapassagem de Raphinha sobre Ronan na última volta da primeira bateria após ter largado e permanecido na segunda posição durante toda a bateria. Foi realmente um final de bateria impressionante!

Ao piloto Raphinha, nossos cumprimentos por essa grande vitória, resultado de seu empenho, dedicação e corridas limpas. PARABÉNS!

Vale destacar também que, com essa última etapa, confirma-se a vitória da H2O entre a competição de equipes que somou mais que o dobro de pontos em relação ao segundo colocado. Fruto do empenho e comprometimento dos pilotos da equipe. Parabéns aos pilotos Alex Comerlato (Seco) e Cil Borges (Bany) que estiveram praticamente o campeonato inteiro participando e apoiando a equipe.

Translate