terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Ricardo Binda vence em Mugello no GT3 Challenge

Ontem (05) tivemos a segunda etapa do GT3 Challenge realizado no circuito italiano de Mugello. As expectativas para essa corrida eram diversas, pois os treinos livres demonstraram que muitos pilotos tinham ritmo competitivo para a disputa e, com acréscimo do lastro aos oito primeiros da classificação, a corrida poderia se desenrolar de várias maneiras.

No warmup, Lucas Araújo demonstrou que os 20kg de lastro não estavam pesando tanto e encerrou a sessão com o melhor tempo, seguido por Paulo Filho e Philippe Ferraiol.

Mas na qualificação o cenário mudou. Marcelo Castro foi quem fez a pole position ao marcar o tempo de 1:47.809. Brian Fritsch se classificou em segundo com 1:47.896 e Ricardo Binda ficou em terceiro com 1:47.977. Ou seja, a disputa começava a ficar confusa, nada se confirmava até então.

Neste cenário de incertezas, Ricardo Binda conduziu seu carro com maestria durante toda a corrida, mantendo ritmo forte e constante em todas as voltas, o que resultou que assumisse a segunda posição logo no início da corrida e a primeira posição, após um erro de Marcelo Castro, de onde não saiu mais até cruzar a linha de chegada para ocupar o lugar mais alto do pódio.

Marcelo Castro, após uma excelente largada e muitas voltas na liderança, perdeu a posição devido a um erro que o fez escapar da pista, mas retornou e se manteve em segundo até a linha de chegada, graças ao seu excelente ritmo na prova.

Philippe Ferraiol chegou em terceiro após protagonizar diversas disputas durante a prova, mas soube se aproveitar de pequenos erros dos adversários para garantir sua posição no pódio.

A próxima etapa será no dia 19 de Fevereiro no circuito de Silverstone GP. Abaixo você confere os resultados da prova, o VT da corrida, fotos e a classificação do campeonato.

















____________________






____________________

RESULTADOS DE PEDIDOS DE ANÁLISES
Publicado em 08/02/2018 às 14:11


1. David Phelipini acerta o carro de Carlos Gomes numa freada, fazendo-o perder tempo (Volta 1 - 1:20). Resultado da análise: Punição de 5 pontos ao piloto David Phelipini pelo acidente que poderia ter sido evitado.

2. Jocemar Ramos atinge o carro de Carlos Gomes na tentativa de ultrapassar por fora (Volta 6 - 0:35). Resultado da análise: O toque foi intensificado por lag ou má interpretação do Assetto Corsa, pois a batida lateral não causaria tal resultado. No entanto, fica uma Advertência ao piloto Jocemar Ramos para que o espaço do outros carros seja respeitado de maneira a não haver nenhum tipo de toque. Reincidências serão punidas sem novas advertências.

3. Eduardo Filgueira acerta o carro de Andrew Constantino ao realizar manobra de ultrapassagem, fazendo-o perder várias posições (Volta 1 - 1:13). Resultado da análise: Sem punição. Os dois pilotos foram mutuamente responsáveis, principalmente por se tratar das primeiras curvas após a largada. Faltou cautela aos dois pilotos.

Translate