segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Futsuki estréia na Peugeot Cup com pódio

Neste Sábado (22), a GridLFS estreiou o campeonato Peugeot Cup. As categorias GT1 e GT2 dividiram a mesma pista (Aston) e servidor.

Foram 24 carros na pista, todos XFG, sem alterações ou limitações entre as duas categorias.

A H2O Motorsports participou com 2 pilotos, Matheus Futsuki e Cil Bany na categoria GT1 (verde), e 3 pilotos na categoria GT2 (amarelo), com Amir Moss, Sérgio Esteves e Yurik Winther. Futsuki largou na 3ª posição e Bany na 9ª posição. Já Moss fez a pole na GT2 e Yurik largou na última posição.

A 1ª curva, após a largada parecia promissora, mas o lag causou um desastre em pista. O maior prejudicado foi Cil Bany, que teve o carro acertado por diversos competidores, praticamente destruindo a sua corrida. Com perseverança o piloto arrastou o seu carro até os boxes e retornou na penúltima posição (19).

Amir Moss teve problemas de conexão já na 1ª volta.

Com toda a confusão, Yurik Winther subiu para a 1ª posição na GT2, mas a conexão também o traiu na 4ª volta.

Futsuki foi o único piloto com chances e terminou a 1ª bateria na 2ª posição.
Cil Bany se recuperou e, com 1 volta de desvantagem, terminou a bateria na 10ª posição.

A 2ª bateria ocorreu sem maiores problemas, mas Amir Moss novamente perdeu a conexão e a paciência. Cil Bany fez uma péssima largada e ao fim da 1ª volta havia perdido 4 posições. Mas, se recuperando, chegou a voltar na 6ª posição, após o pit stop, terminando em 8º.

Futsuki, mais uma vez, alcançou o pódio na 3ª posição. "É minha 1ª corrida na GT1 e estou super satisfeito com o resultado", comemorou o piloto.

Na GT2, Sérgio Esteves manteve a ponta por várias voltas, mas terminou em 5º.

Yurik Winther foi melhor e terminou na 3ª posição.
"Foi realmente uma disputa saudável e bem interessante", comentou Yurik ao nosso repórter.

A próxima etapa será em Fern Bay, no dia 19, às 20h.

Translate