segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Live for Speed recebe atualização 0.6J

Os desenvolvedores do Live for Speed liberaram no último sábado (15) uma nova atualização do simulador, a versão 0.6J.

Basicamente, a atualização trouxe melhorias no processamento gráfico de forma a reduzir a carga de trabalho do processador e da placa gráfica, melhorando o desempenho do computador e permitindo maiores taxas de FPS, além de outras correções.

Outra melhoria ocorreu na opção de ativação 3D para Oculus Rift que agora permite a mudança dos modos sem que o LFS seja fechado.

A atualização já está disponível em nossa página de DOWNLOADS em três versões: Completa, Patch de atualização da versão 0.5Z e Patch de atualização da versão 0.6H.

Confira abaixo a descrição completa da atualização (fonte: www.lfs.net):

Alterações de 0.6H para 0.6J:

Otimizações:
- Buffers de vértices estáticos reorganizados para reduzir instruções ao DirectX
- Frames aliviados (default 1) para permitir o próximo frame para iniciar renderização
- Sistema de distância dos carros mais eficiente para som e gráficos
- Buffer de vértice dinâmico agora configurado para usar o processamento de hardware de vértices
- Melhor taxa de quadros em lugares onde muitos objetos podem ser visíveis

Gráficos:
- Textura do céu agora é visível nos espelhos
- Botões de seleção de layout de objetos do editor são classificadas segundo a distância
- Ajuste de profundidade Z-buffer agora pode ser alterado sem reiniciar o LFS
- Espelho agora usa Z-buffer de 24 bits, caso a configuração de Z-buffer for maior do que 16 bits

Sistema de limitação de taxa de FPS:
- Sistema de limitação de taxa de FPS agora tem valores de ajustes
- Novas informações FPS de exibição mostra espera / atualizações física / gpu de espera
- Agora o LFS usa uma consulta de evento em vez de um bloqueio para a prevenção "input lag"
- Ajuste mínimo de espera alterado para "Espera cada frame" (sim / não)

Miscelânea:
- Agora, usando Direct3D 9Ex se disponível (Windows Vista em diante)
- Falha reduzida quando os objetos são otimizados em autocross (sobrecarga, por exemplo)
- Redução do mínimo de valores / max para ajuste de "lag de som" - padrão agora é 0,08
- Nova opção de áudio "som quando a janela estiver inativa" (ligado / desligado)

Modos de visualização 3D:
- Adicionado uma opção de nível 3D com controle deslizante para ajustar visão 3D baseado no monitor
- Redução de uso de CPU / GPU através da partilha de preparação cena para ambos os olhos

Oculus Rift:
- Agora, usando Oculus SDK versão 0.6.0.1, que inclui timewarp
- Agora você pode entrar e sair do modo de Rift sem reiniciar o LFS
- Exibição suave (se você não usar SLI ou forçar sincronização vertical)
- Janela de opções de exibição: em branco / um olho / dois olhos

Oculus Rift em modo de compatibilidade:
Para os usuários que não podem usar o Oculus 0.6 em tempo de execução, você ainda pode usar o 0.5 em tempo de execução. Basta mudar o nome do ORDIRECT.dll para algum outro nomeLFS e, em seguida, usar LFSORDLL.dll (apenas modo estendido).

Correções:
- Alguns edifícios na pista de Westhill foram redesenhadas usando um método diferente
- Mouse limitado à janela (CTRL + C) agora funciona corretamente com ALT + TAB
- O scroll do mouse para mudar de marcha não funcionava corretamente em FPS alto - corrigido
- Arranjo de seleção botões do editor de objetos usa interface de slots de botão
- Resolução da textura de batida alterada com dois ou mais objetos selecionados
- A filtragem anisotrópica não funcionou em texturas de automóveis (incluindo a skin)



Translate